Você sabia que o nome Maracanã vem do tupi maraka’nã, que significa papagaio?

Sei não, mas baixou o papagaio em mim – risos, preciso dizer que as duas últimas semanas foram frenéticas. Inauguramos mais duas unidades da franquia imobiliária RE/MAX aqui na Zona Norte (RE/MAX Prisma – Vila da Penha e RE/MAX Excelência – Tijuca), e logo logo vamos inaugurar mais 2, a RE/MAX Influencer em Cascadura e a próxima – ainda em fase de escolha de nome em Del Castilho! Estou feliz demais porque o padrão de excelência em serviços imobiliários da marca mundial RE/MAX está chegando com tudo. Já quero uma no Maracanã?! Isso porque, quanto mais unidades da franquia, MAIS a gente transforma e especializa a nossa gente. MAIS empresários são criados, isso mesmo, somos uma fábrica de empresários de sucesso. Um fato que você deve saber é que tudo é levado ao MÁXIMO na RE/MAX, o Cliente proprietário e comprador ganham o máximo serviço. O Corretor de Imóveis e/ou profissional que queira ingressar no segmento ganham a máxima comissão/honorários, com isso ele fará mais parcerias e assim TODOS GANHAM! É um círculo virtuoso que não para de crescer.

Além dos eventos de inauguração citados, na Regional RE/MAX Rio de Janeiro Norte, iniciou uma super e inédita campanha de DESCONTOS reais sobre os valores dos imóveis listados em nossas unidades. Sim, são descontos reais. A ideia é oferecer uma oportunidade PRA FECHAR NEGÓCIO antes do natal.

Todos os descontos foram concedidos diretamente pelos proprietários, tudo certinho e com contrato assinado. Confira as ofertas no site da campanha www.PRAFECHARNEGOCIO.com.br.

Agora que já externei minha alegria, vamos ao MARACA! Sim, o MARACANÃ é nosso nos dois quesitos! Risos…

O bairro leva o nome de um dos estádios mais importantes no mundo e ele está aqui na Zona Norte da Cidade Maravilhosa! O Maraca – estádio, é nosso orgulho, brasileiro que é brasileiro – e carioca, claro, tem sangue nos olhos e futebol no coração, então sabe muito bem do que estou falando, verdade?

Bom, quanto a morar, o bairro é uma região nobre – classe média e classe média alta, segura e ótima para residências. Pertence a Grande Tijuca, bem próximo ao Grajaú, Tijuca, Vila Isabel e Andaraí. Faz limite com a Praça da Bandeira, São Francisco Xavier na Zona Norte e ainda tem o  Bairro Imperial de São Cristóvão e Mangueira na Zona Central. Apesar de ser vizinho à Mangueira, esta não se localiza dentro dos limites do bairro, e ainda é separada por uma linha de trem. Cortado pela Avenida Maracanã, uma das principais vias de acesso à Tijuca, tem também como ruas principais a São Francisco Xavier, General Canabarro e a Avenida Professor Manoel de Abreu. Aliás, vale citar que é tipicamente residencial e arborizado.

Não muito diferente do Cachambi – último post, os moradores podem desfrutar das áreas comerciais a pé. A infraestrutura e a variedade de serviços são outros fatores que tornam o Maracanã um bom lugar para se morar, com qualidade de vida. É uma vizinhança bem diversificada que oferece uma estrutura lojas, escolas, universidades e demais estabelecimentos comerciais. Por falar em educação, o Maracanã é bem muito bem servido, no bairro encontram-se duas grandes universidades da cidade: a Universidade Veiga de Almeida e a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). E também, vários colégios tradicionais como: o Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET/RJ), o Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), as escolas técnicas estaduais Ferreira Viana (ETEFV) e Adolpho Bloch (ETEAB) e também o Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro as três instituições mantidas pela Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro (FAETEC), o Colégio Militar do Rio de Janeiro (CMRJ), um campus do Colégio Pedro II, o Colégio Nossa Senhora da Ressurreição e o Colégio Primeiro de Maio. Não obstante, morar no Maracanã é ótimo para quem deseja certa privacidade sem abrir mão do conforto de estar próximo de tudo, especialmente de ótimos restaurantes, alguns dos quais estão listados entre os mais tradicionais da cidade.

Uma curiosidade que talvez você não saiba é que a área da atual Grande Tijuca era um grande território pantanoso, isso lá nos primórdios da colonização do Brasil. É a partir da segunda metade do século XIX, que a região começa a passar por intensas transformações. Mais precisamente a partir da década de 1870, inicia-se um processo de urbanização nesta área. O adensamento populacional do bairro, seu desenvolvimento urbano e seu processo de edificação foram condicionados pelo leito do rio. O rio Maracanã tem uma história bem interessante, sugiro você dar um Google para se contextualizar melhor.

Existe uma variedade de perfis de moradias no Maracanã, desde apartamentos modernos até casas mais antigas ao estilo art decó. Além disso, é um bairro conectado e o quesito mobilidade é importante por aqui. Seja de transporte público que é interligado por diversas linhas de ônibus e ainda pode ser acessado pelas Linhas 1 e 2 do metrô. Ou aqueles que buscam fácil acesso às zonas  oeste e Baixada Fluminense, o local também conta com uma estação de trem, que fica bem ao lado do Maracanãzinho.

Tem muita história, e é claro que contei só essencial. Deixei a cereja do bolo por último. O nosso MARACA, é claro! Se pensou que o bairro nasceu depois do estádio, é o contrário… O MARACA foi inaugurado em 1950, e tinha o nome de Estádio Municipal – feio né?! Risos… Contudo, mesmo com esse nome, foi palco do maior evento de futebol do BRASIL, a Copa do Mundo de Futebol de 1950! Foi um marco ainda mais interessante por que, já na sua inauguração a capacidade oficial era de 155 mil lugares e o fez superar o Hampden Park, de Glasgow, e se tornou o maior estádio do mundo na época.

Agora que você sabe um pouco da história do bairro Maracanã na Grande Tijuca, e pode levantar dados do Grajaú e Tijuca nos posts anteriores vai perceber o potencial imobiliário dessa região. O mercado imobiliário é muito dinâmico e milionário. Compare os números e me chama para que eu possa te ajudar nas contas.

Estou no mercado imobiliário há mais de 16 anos e posso te garantir que é fantástico. Com a franquia RE/MAX então, a gente eleva as oportunidades à 5ª potência. É verdade, não é apenas história de “vendedor”, mesmo porque a gente não vende nada, o empresário e/ou empreendedor que enxerga o potencial do negócio e entra para a franquia. Como diretora regional da RE/MAX Rio de Janeiro Norte eu busco empresários do segmento imobiliário ou aqueles empreendedores que buscam um negócio rentável e já testado. Acrescentado a isso, que desejam ser GRANDES e que tenham um propósito, exemplo disso é a família Maggessi – assista ao vídeo com o depoimento deles…

Quão GRANDE você se torna ao ingressar como um franqueado da marca?

A franquia internacional RE/MAX tem atuação em mais de 124 países, em todos os continentes. Temos quase 9 mil unidades imobiliárias com mais de 131 mil Corretores de Imóveis – empresários imobiliários. Então, quando você entra para a RE/MAX – seja uma conversão (quando já tem um imobiliária), ou uma start up (começa o negócio imobiliário do ZERO), você já nasce GRANDE. Já inicia um negócio com uma força de vendas gigantesca e se apropria de toda a estratégia do negócio. Um exemplo regional é a campanha PRA FECHAR NEGÓCIO, exclusiva da regional da Zona Norte do Rio que contou com o aporte do fundo de marketing regional para beneficiar as nossas 5 unidades em operação.

Sempre me perguntam o que a palavra RE/MAX significa e eu adoro explicar. Adoro porque faz todo o sentido e além do mais, esse modelo é replicado e percebido por todos. A companhia foi fundada sob três grandes pilares:

  1. MÁXIMO Serviço para o cliente
  2. MÁXIMA Comissão/honorários para o Corretor de Imóveis
  3. MÁXIMA Rentabilidade para o Franqueado (dono da imobiliária)

O próprio significado da marca RE/MAX reflete esses três pilares.

RE/MAX é o acrônimo de

R – Real E – Estate / MAX – Maximum = O máximo do mercado imobiliário

Se o que leu até aqui fizer sentido para você, marque uma hora para que eu possa te apresentar o modelo da franquia.

Oportunidades

Falei feito papagaio maracanã… risos.

Agora é o momento em que apresento os números. Vamos ao potencial imobiliário do Maracanã.

Imóveis à venda hoje (um dado para viabilidade de negócio)

Fonte dos Dados: App de inteligência imobiliária Eemovel, 03 de novembro 2020.

Estatísticas/ Ticket médio (preço a venda)  
Número de ImóveisValor médio (R$/m²)Valor médio (R$)
5.5918.071,55686.519,49

Agora, veja uma seleção com um ticket médio mais elevado que o valor médio do m².

Para esta pesquisa, eu considerei o valor mínimo de R$800.000,00

Estatísticas/ Ticket médio (preço a venda)  
Número de ImóveisValor médio (R$/m²)Valor médio (R$)
1.2138.918,90886.141,18

Valor do m²

O M² do Macaranã é uma grande evidência do perfil de classe média e classe média alta. A primeira pesquisa, considerando o preço inicial mais baixo mostra o valor médio do M² de R$8.071,55 e a média dos valores de imóveis da região bem acima de 500 mil reais. Isso é muito bom para negócios imobiliários.

Como posso me associar a RE/MAX?

O sistema de franquia RE/MAX é bem amplo, você pode ser:

1 – Corretor Associado (Agente RE/MAX)

  • Single
  • Dupla
  • Team Leader (imagina você ter uma equipe dentro da estrutura da franquia)
  • Single Premium 60% (Corretor sozinho que ganha 60% dos honorários)
  • Single Premium 70% (Corretor sozinho que ganha 70% dos honorários)

2 – Franqueado (Broker RE/MAX)

  • Empresário que adquire a franquia e monta a imobiliária com a ajuda e apoio da Master Franquia Regional da Zona Norte.

O grande diferencial do negócio é que somos uma organização que funciona e rede, portanto, você nunca estará sozinho! Se fizer sentido para você, vamos conversar. Vou te ajudar a montar o seu negócio imobiliário e vamos prosperar juntos!

Agende uma apresentação da franquia comigo, sem compromisso. Terei o maior prazer em mostrar para você.

Te espero!


Forte abraço,

Glauce Santos

Diretora Regional

RE/MAX Rio de Janeiro Norte.

Deixe uma resposta